A vida corre...


A vida corre pelos meus caminhos
o rítimo alucinado das minhas idéias.
A realidade é como um vento frio que corta meus olhos
e entra dentro de mim como uma força maior.
Cada dia é como um parto dolorido.
É dor e alegria,
prazer e paixão,
labirintos de sentimentos crus.
E a luz brilha por onde eu passo,
e a vida caminha por entre meus pés.
É só vida.
Nada mais.


...volta ao Caos