O sofrimento é um campo...


O sofrimento é um campo fértil
onde eu cultivo minha dor.
A dor do mundo
do meu pequeno mundo
de sonhos e palavras.
A dor me ensina a ser só,
a compreender a solidão e perceber
que ela é incompreensível.
Não existe razão,
nem explicação,
apenas um caminho imenso e deserto
que trilho por horas que se arrastam,
dias brancos e vazios.
Nem sei mais o que espero,
mas espero sem certeza
entre as sombras da minha angústia.
Po vezes acho até que tem que ser assim.
A tristeza me cai bem.
Tenho os olhos tristes,
a alma cansada,
pensamentos inúteis,
mãos atadas
e tudo mais que não me levará
a lugar nenhum.


...volta ao Caos