Não há coerência...


Não há coerência
naquilo que faço
naquilo que falo
naquilo que vejo.
Não há coerência em minhas palavras
e meus olhos vêem como num
caleidoscópio imaginário,
um mundo de luz e cores
que não posso alcançar.
A abstração dos sentimentos
parece algo que jamais irei entender.
Porém por cada poro sinto brotar
uma gota de tudo o que posso sentir.
E também não há coerência nisso,
nem em nada que eu consiga viver.



...volta ao Caos