Já não sei mais...


Já não sei mais o que é amor,
nem diferenciá-lo do desejo.
Preciso de sonhos impossíveis
e de lembranças verdadeiras;
de estar sempre ao seu lado,
sem nunca estar junto à você.
Sentir seu cheiro,
seu gosto,
seu suor,
tudo ao mesmo tempo
real e distante.
E o meu medo fechando meus olhos,
minha boca calando em seus beijos,
eu corpo sem respeitar limites
da minha falsa sanidade.
Não importa o hoje,
o ontem e o amanhã,
apenas o que ficou marcado em meu coração.



...volta ao Caos